quarta-feira, 10 de abril de 2013

Oração de um Jurado


Oração de um Jurado do Tribunal do Juri Popular

Senhor, a responsabilidade de um conselho de sentença é grande demais para deixar a vida/liberdade de um semelhante nas mãos de pessoas pecadoras como nós somos, decidir sobre o destino das pessoas é coisa divina e não nos cabe fazer isso quanto à vida, porém na lei dos homens o que julgamos é a liberdade (e talvez a vida, à depender do resultado), mas não deixa de ser um julgamento sobre um ser semelhante e é injusto que possamos dizer que determinada pessoa merece perder sua liberdade onde não somos detentores desse direito, cabendo apenas ao Senhor o fazê-lo, mas como vivemos sob a lei dos homens e assim sendo devemos nos submeter a ela, nos perdoe Deus se tomarmos decisões injustas ou errôneas e que não condizem com o "merecimento" de quem estava passando pelo julgamento neste ato. Se porventura tomemos uma decisão injusta que o Senhor possa fazer com que a verdadeira justiça, que é a divina, seja tomada em prol das pessoas que sentam no banco dos réus e passam pelo julgamento dos homens, não nos fazendo cair o peso de tal erro. Em nome do conselho de sentença eu te peço Senhor que nos proteja, nos guarde e nos livre de todo mal, em nome de Jesus. Amém!
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...