sexta-feira, 13 de abril de 2012

CARINHO... S2

 Quem não gosta?

Existem várias formas diferentes de demonstrar/fazer carinho à quem você gosta: palavras, troca de olhares, apelidos românticos, atos, atitudes, elogios, forma de tratamento, gentileza, gestos, etc.

Mas nada se compara ao carinho feito usando um dos nossos principais sentidos, o tato. O carinho com contato físico é a materialização do sentimento dito pela boca dos casais apaixonados AMOR.


Existem pessoas que só sabem dar carinho quando recebem carinho e há aquelas que sabem distribuir carinho, ser carinhoso(a) com todos ao seu redor, mesmo sem ser retribuído.

Pessoas carinhosas são obviamente mais amorosas e mais fáceis de lidar com a sociedade, são cheias de amor e são mais queridas entre os que as circulam.


A falta de carinho numa pessoa pode deixá-la na solidão, não é sempre e nem para sempre que uma pessoa carinhosa vai estar ao lado de uma que nunca retribui o ato tão puro e simples.


Como podemos fazer carinho, existem muitas formas até bem simples, vamos listar algumas: beijos, abraços, cafuné, coçadinha nas costas, uma simples passada de mão (ou alisado) no cabelo, rosto, braços ou pernas, há algumas pessoas que se contentam com um simples tocar da mão de seu amor, outras são mais exigentes e preferem uma massagem.


Posso dizer, com certeza, que o carinho é a base de uma relação amorosa entre um casal apaixonado, sem carinho nenhum relacionamento sobrevive, o carinho é uma extensão do amor, da paixão, do desejo, do tesão, do romance e é extendido por eles também.


Não existe um sentimento completo com a ausência do carinho, sem o carinho é mais fácil dizer que o sentimento está quase vazio. Você pode achar exagero de minha parte dizer isso, mas quem é que tem coragem de experimentar um relacionamento sem carinho, sabendo que está pondo em risco sua felicidade ao lado da pessoa que ama?


Para você que está duvidando/discordando do que falei possa tirar a prova de tudo, passe 1 (uma) semana de experiência, tratando todos que te circulam friamente, sem beijos, abraços, aperto de mãos, sem dizer uma palavra doce, sem elogiar, sem olhar diretamente nos olhos, nada disso e você verá depois dessa semana quantas pessoas ainda vão querer ficar ao seu lado (lógico que tem que fazer esse teste sem que os envolvidos saibam.)!


Quando você avista uma pessoa já velha rancorosa, que vive sozinha, sem amigos, é porque essa pessoa é ausente de carinho, ao se aproximar dessa pessoa o que você deve fazer? ignorar e continuar seu caminho (pensando que não tem mais jeito) ou dar um pouco do carinho que transborda de você, na tentativa de transformar e encher a vida de uma pessoa vazia, colorindo seu mundo preto e branco?


Algumas pessoas pensam que dar carinho é dar presentes, não é não, dar presentes é a continuidade mínima do carinho de uma forma diferente, o velho rancoroso aí de cima poderia muito bem gostar de presentear as pessoas e como ele só fazia o mínimo ficou só.




Em tudo da sua vida, nunca faça o mínimo e sim o máximo, não é esforço nenhum você se dar por inteiro ao praticar atos carinhosos, sem pensar no retorno.




Carinho é uma coisa que não se empresta e muito menos se pede, carinho você dá e distribui sem esperar a retribuição ou retorno, porque quando isso acontece o ciclo carinhoso se completa e atitude se torna perfeita.


Uma ótima sexta-feira 13 à todos muitos carinhosa, que Deus nos abençoe e nos proteja do mal e de toda ausência de carinho!




Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...